fbpx

A Selic é taxa que pauta todas as outras taxas praticadas pelos bancos, veja como ela influencia na compra de um imóvel!

Você sabe o que é a Taxa Selic? Bom, uma grande parte das pessoas não têm pleno conhecimento da Taxa Básica de Juros, muitos sabem que existem, mas não sabem como funciona e qual influencia ela pode ter em alguns setores.

Para quem pretende investir com a aquisição de um imóvel é bem interessante conhecer uma pouco mais da Taxa Selic e qual sua influência.

Bom, se você não sabe nada sobre a Selic, não se preocupe, basta acompanhar este artigo até o final!

O que é Taxa Selic?

Para resumir, a Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é a taxa básica de juros, ou seja, é o índice que pauta todas as outras taxas cobradas pelas instituições bancárias no Brasil.

A Taxa Selic é bastante utilizada em empréstimos realizados entre os bancos e também em aplicações realizadas em títulos públicos federais.

Como funciona a Taxa Selic?

A Selic é determinada pelo Comitê de Política Monetária também conhecido como COPOM, comitê este que se reúne durante dois dias seguidos, num total de 8 anuais para definir quais serão os rumos da economia.

De um modo geral, aumentar a Taxa Selic é uma alternativa que o governo possui para frear a inflação, uma vez que aumentando os juros, as pessoas tendem a comprar menos e com isso, o mercado se vê obrigado a reduzir os preços para não comprometer o consumo.

Por outro lado, a redução da Selic é utilizada justamente com o viés contrário, isto é, de impulsionar o consumo e movimentar a economia, uma vez que é mais interessante aplicar o dinheiro em produção do que deixá-lo parado nos bancos rendendo à uma taxa baixa.

Como a Selic influencia na compra do imóvel?

Aumentando a taxa, ainda que com a redução dos preços de venda dos imóveis, ainda existira o reajuste do valor dos financiamentos. Por exemplo, se a Taxa Selic passar de 10% para 12%, a taxa de financiamento também aumentará.

Até mesmo em imóvel de alto valor, a venda de qualquer imóvel é extremamente sensível ao crédito, de modo que, mesmo com um possível aumento, menos pessoas estarão dispostas a financiar, o que por sua vez faz com que diminua a procura por imóveis e que haja a desaceleração dos preços.

Por outro lado, se a Taxa Selic cair de 10% para 8%, haverá uma queda na taxa de financiamento, aumentando demanda por crédito e as chances de adquirir um imóvel.

O Banco Central vem reduzindo a Taxa Selic, desde março de 2018 a taxa básica de juros tem sido mantida em 6,5% a.a pelo COPOM, que por sinal é considerada a menor em todo seu patamar histórico.

Além disso, também houve uma queda recente da taxa de juros de financiamento habitacional, o que torna ainda mais fácil a aquisição de um imóvel. Basicamente o conjunto dessas ações tende a gerar um aumento da demanda por imóvel e por crédito imobiliário, portanto, quem busca uma oportunidade de compra e pretende aproveitar a recente queda nos preços este é o momento econômico ideal para comprar a vista ou financiado.

Bom, vamos ficando por aqui, mas continue por dentro do Blog da Imobiliária Bertelli, ou se preferir o contato com um de nossos corretores basta entrar em contato através do telefone (11) 4033 4493.

Iniciar conversa!
Precisa de ajuda?